Caminho óctuplo | 8 passos para a auto realização

Segundo o Yoga-Sutras, yoga é a cessação das flutuações mentais. Em comunhão com o silêncio, podemos acessar a nossa consciência suprema e encontrar a verdadeira felicidade, nossa real natureza. Sempre presente, mas nem sempre desperta. Para alcançar esse objetivo, o Yoga-Sutras de Patanjali apresenta um método de oito passos (a saber: Yamas, Niyamas, Asanas, Pranyama, Pratyahara, Dharana, Dhyana e Samadhi).

Os Yamas e Niyamas são fundamentos éticos que constituem pilares fundamentais na “árvore do yoga”. Assim como as raízes mantém uma figueira frondosa, os yamas e niyamas sustentam a  complexa estrutura  desta filosofia.
A prática de asanas oferece suporte às outras partes do yoga, que se complementam mutuamente. Talvez os asanas (posturas) sejam os mais conhecidos desta jornada encantadora rumo ao autoconhecimento. No entanto, representam somente uma parte do caminho óctuplo. Você pode começar pelos asanas. A sensação de equilíbrio e bem-estar físico e mental pode gradativamente lhe despertar sentimentos nobres e questionamentos mais profundos. “Pratique, e tudo virá”. Para Iyengar, todos os oito níveis do Yoga estão presentes na disciplina dos asanas. Naturalmente, a prática irá lhe convidar a colocar em ação algum outro aspecto do yoga. Que tal começar pelos asanas você também?

Assista essa reflexão em vídeo:

Raissa Zoccal.

Inspiração – A Árvore do Ioga B. K. S. Iyengar

Deixe seu comentário!